Filme: Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas [Review]

Filme: Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas [Review]

Nos últimos anos a Marvel tem dominado o sub-gênero de heróis no cinema, enquanto a DC tenta se reinventar a cada nova investida, mas desta vez ela colocou em campo um dos seus maiores trunfos – a animação. Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas carrega tudo que a DC quer mostrar para as pessoas embalado por muita zoeira e piadas com a cultura pop em geral.

Após serem barrados na pré-estréia do novo filme do Batman, os Jovens Titãs percebem que ninguém os leva a sério como super-heróis, o que se mostra um problema ainda maior para Robin (Manolo Rey) cujo sonho é ter um filme próprio. Inicia-se então uma série de confusões na busca de provar que eles têm seu valor, porém no meio do caminho acabam tendo que enfrentar um arqui-inimigo que pretende dominar todos os heróis. No Brasil temos as vozes de Charles Emanuel, Mariana Torres, Eduardo Borgerth Neto e Luisa Palomanes e, a nível de curiosidade, na versão original a voz do Superman é feita por Nicholas Cage.

O grupo Teen Titans foi criado na década de 60, mostrando as desventuras de uma equipe de heróis formada por sidekicks e  personagens jovens. Nos anos 2000 eles se tornaram mais populares com o público geral devido a animação homônima em estilo anime, e em 2013 ganharam uma versão mais cartunesca chamada Teen Titans Go! (Ou Jovens Titãs em Ação! aqui no Brasil). Confesso que a princípio torci o nariz para esta nova versão, pois tinha grande afeição pela outra, mas quando dei uma chance foi conquistado facilmente. O estilo mais solto abriu possibilidades irrestritas para que os produtores pudessem brincar com todo o universo DC, desde os quadrinhos, outras animações e até os filmes da Warner. Obviamente a estética é voltada a um público infantil, mas as referências são miradas em leitores clássicos, algo que esta versão cinematográfica também faz com louvor.

Ao contrário das produções live-action que estão um pouco perdidas, a DC mostrou ter confiança na Warner para fazer o que quiserem com suas franquias nas animações, como já foi visto em LEGO Batman: O Filme, mas aqui a escala é muito maior, beirando coisas vistas em Deadpool (que por sinal é mencionado algumas vezes no longa). Os diretores Aaron Horvath e Peter Rida Michail tiveram liberdade de zoar não só as escorregadas da empresa, mas também os clichês que se tornaram recorrentes no sub-gênero, inclusive coisas de sua concorrente. Um olho mais atento nota que em meio a toda esta comédia estão sendo apresentados personagens que futuramente podem ganhar destaque, como o caso dos Desafiadores do Desconhecido. São muitos os pontos em que o filme faz uma grande homenagem ao legado de quadrinhos da DC, coisas que com certeza vão arrancar sorrisos dos leitores das antigas.

Em meio a tantas frustrações cinematográficas, ver a Warner e a DC conseguindo usar estas coisas ao seu favor em algo divertido e para toda a família vale muito, lembrando que em breve sairá uma série live-action dos Titãs. Com ritmo divertido e um humor assertivo, Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas dá um fôlego à DC nas telonas e ainda serve de chamariz para a animação regular ou mesmo as HQs. Pontos para a DC que ao invés de copiar a concorrente decidiu jogar num campo onde já domina, que venham novas iniciativas como essa.

(Obs. Tem uma cena pré-créditos e uma pós-créditos, mas esta última é só uma finalização de piada mesmo).

Deixe um comentário

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.