Sarjeta do Terror #28 – Da TV para os quadrinhos: Além da Imaginação

Sarjeta do Terror #28 – Da TV para os quadrinhos: Além da Imaginação

capapost28

Poucas séries de TV americana são tão clássicas e atravessam tantas gerações quanto Além da Imaginação. A série, produzida por Rod Serling, era uma antologia que contava histórias fantásticas em preto e branco bem ao estilo de Hqs da E.C.Comics. O programa durou 5 temporadas entre 1959 e 1963, tendo sido reprisada diversas vezes ao longo das décadas e gerado 2 outras versões (nos anos 80 e nos anos 2000 – com mais um revival recém anunciado) e, é claro, de ter sido influência para diversas outras séries de formato semelhante como Amazing Stories, Quinta dimensão, Contos da Escuridão, Freddie’s Nightmares e até Contos da Cripta (a série, não a HQ). Foi adaptada para outras mídias como rádio, cinema e também quadrinhos numa época em que o Comics Code restringia o uso do terror e os programas de TV voltados para fantasia e sci-fi começavam a ganhar terreno também nas HQs.

Além da Imaginação migrou para os comics em diversas ocasiões distintas, tendo publicações baseadas na série até os dias atuais.

A primeira série (V1)

A primeira versão dos quadrinhos de Além da Imaginação foi publicada pela editora Gold Key. Cada edição contava com mais de uma história bem ao estilo do programa, onde o próprio Rod Serling apresentava as histórias, como fazia no programa de TV e, nos quadrinhos, lembrando os “horror hosts” de HQs como Contos da Cripta e Creepy. Essa primeira série não costumava creditar os roteiristas e ilustradores e foi tão bem sucedida que durou cerca de 20 anos a mais que a série de TV original, tendo durado por impressionantes 91 edições. Hoje várias edições destas HQs são facilmente encontradas no archive.org e também estão disponíveis como extras nos DVD da coleção definitiva da série (em que 4 das 5 temporadas estão disponíveis no Brasil).

A Segunda série (V2)

A Now Comics, editora fundada em 1985, decidiu aproveitar o revival da série de TV nos anos 80 para trazer novamente Além da Imaginação para os quadrinhos e, em 1991, passou a publicar Hqs baseadas na série. Diferente da primeira versão, cada edição continua uma única história completa com uma equipe diferente creditada e não continha Rod Serling como um “horror host” da história, apenas uma narração in off característica que lembrava a estrutura da primeira temporada do programa. Esta segunda versão foi curta, tendo durado apenas 10 edições mais um anual e é bastante difícil de encontrar a série completa. Edições avulsas são facilmente encontradas em sites americanos como a Amazon.

As Graphic Novels (V3)

Em 2008, o Savannah College of Art and Design e a editora Walker Books se reuniram numa colaboração para produzir uma série de Graphic Novels de Além da Imaginação. Diferente das outras encarnações, essa série de Graphic Novels não continham histórias originais, e eram na verdade adaptações de episódios clássicos da série. Essas adaptações também tinham os autores creditados e hoje podem ser encontradas em sites como a Amazon, a preços bem baixos (no caso da Amazon americana).

O renascimento pela Dynamite (V4-V5)

No final de 2013, a Dynamite, que possui diversas licenças de programas de TV trouxe Além da imaginação de volta sob a tutela de J. Michael Straczynski (que já havia sido roteirista na fase da Now) e arte de Guiu Vilanova. Esta versão apresentou um formato diferente; ao invés de diversas histórias numa edição ou uma história completa por edição, cada “episódio” constituía um arco em várias edições.

De todas as editoras, a Dynamite é a que tem contabilizado mais com a marca, tendo publicado 12 edições desta série e diversos spin-offs, como Twilight Zone: Shadow and Substance, minissérie em 4 partes, além de edições exclusivamente digitais, como Twilight Zone: 1959 e Twilight Zone: Lost Tales, e até um crossover com O Sombra. E não deve parar por aí, uma vez que a Dynamite continua tendo bons resultados com estas HQs até o presente momento.

Curiosidades:
– Uma das histórias presentes numa das edições da Gold Key de Além da Imaginação foi o primeiro trabalho profissional de Frank Miller;
– Outros autores notáveis que passaram pela fase da Gold Key foram Len Wein, Alex Toth e George Evans;
– A primeira edição publicada pela Now Comics tinha desenhos de Neal Adams.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Edições anteriores:

27 – Vigor Mortis Comics – Volume 1

26 – Super-heróis com um “pé” no terror: O Espectro

25 – Warren Publishing: Contornando o Comics Code

24 – Prontuário 666, os anos de Cárcere de Zé do Caixão

23 – Da TV para os quadrinhos: Arquivo X

22 – Criadores de Terror: Eugenio Colonnese

21 – Terror nas grandes editoras, parte final

20 – Terror nas grandes editoras, parte 2

19 – Uzumaki

18 – Terror nas grandes editoras, parte 1

17 – Do cinema para os quadrinhos: Evil Dead/Army of Darkness

16 – Terror no mundo real: o Comics Code Authority, parte final

15 – Super-heróis com um “pé” no terror: Doutor Oculto

14 – Terror no mundo real: o Comics Code Authority, parte 1

13 – Da TV para os quadrinhos: Elvira, a Rainha das Trevas

12 – EC Comics , epílogo: O Discurso Contra a Censura

11 – Criadores de Terror: Salvador Sanz

10 – EC Comics, parte 3: o fim

9 – Super-heróis com um “pé” no terror: Homem Formiga

8 – Interlúdio: Shut-in (trancado por dentro)

7 – EC Comics, parte 2: o auge

6 – Interlúdio: Garra Cinzenta, horror pulp nacional

5 – EC Comics, parte 1: o início

4 – Asilo Arkham: uma séria casa num sério mundo

3 – A Era de Ouro dos comics de terror

2 – Beladona

1 – As histórias em quadrinhos de terror: os primórdios

Deixe um comentário

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.